quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Sim ou não?

Eu morava perto da praça da cidade, Itapira. Minha rua se chamava , Embaixador Pedro de Toledo, mas era conhecida pela rua do pescador. Minha casa  ficava no meio da quadra . Se eu quisesse ir até a praça no bar Central ou na igreja era preciso subir uma rua e duas quadras depois  eu estava na praça  com sua igreja matriz.  Eu vi a igreja antiga ser demolida e virar matriz, preferia a antiga. Ah, ali perto tinha um coreto , aqueles coretos de cidade pequena, mas mudaram também , fizeram um moderno,  e eu gostava mais do antigo. Tinha uma fonte, é,  uma fonte luminosa, linda, de noite era uma atração e tanto. Esta fonte não substituiram  por uma nova, destruíram-na. Algum político que deve ter levado o fora de uma namorada quando jovem na frente da fonte, deve ter mandado destruir pra se vingar.   Quando eu tinha uns 10 ou 11 anos durante um período , a  cada vez que eu subia por aquela rua destino à praça eu chegava lá em cima com o coração mais acelerado do que normalmente deveria estar, perna bamba , mas suspirando; era o primeiro sintoma de paixão- E  na única chance que eu tive em dizer, vamos namorar , ela passou mal em uma festa durante um almoço de ano novo e  a minha chance gorou.  Será que ela teria dito sim?




Nenhum comentário: